CINQUENTA ANOS

Há quarenta anos, vivo imaginando o viver. Ainda não construi a imagem ideal, creio que em mais quarenta anos ainda não terei conseguido.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Reflexão

Sou livre pensadora e como tal posso dizer que não acredito numa transcendência sem ação transcendente. A ideia nunca posta em existência torna-se puro ideal que em todos os planos é mero aspirar.Carla Marzagão.