CINQUENTA ANOS

Há quarenta anos, vivo imaginando o viver. Ainda não construi a imagem ideal, creio que em mais quarenta anos ainda não terei conseguido.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Deus



Doa ternura, afeto,

E caminha em

Um palmilhar tranqüilo, ao seu lado,

Só certeza, sem promessas, apenas amar.